Fessergs e Fórum tiveram audiência com presidente do IPE Saúde
Data de publicação: 6 Abr 2022
 

A Fessergs e o Fórum Permanente em Defesa do IPE foram recebidos em audiência pelo presidente do IPE-Saúde, Bruno Jatene, na tarde desta quarta-feira (06), na sede do Instituto. A reunião teve momentos tensos, com os representantes trazendo exemplos tristes de falta quase que total de acesso a atendimento no interior, mas também foi marcada pela disposição de diálogo por parte das entidades da Fessergs, Femergs - Federação dos Municipários do RS e Fórum. Jatene ressaltou três pontos: Redução da despesa; Modernização funcional e trazer inteligência de fora. E pediu apoio.
 

Nossa posição foi de que estas propostas são insuficientes pois é preciso melhorar e qualificar a gestão, uma vez que o quadro atual com 126 funcionários mal pagos é infinitamente insuficiente para 1 milhão de segurados. Além disso é necessário urgentemente aumentar as receitas . Propusemos também a continuidade do diálogo, pois os servidores além de beneficiários, sustentam financeiramente o Plano. Demos várias alternativas para trazer receita para o Instituto. Desde transferir parte dos tributos sobre cigarros, bebidas alcoólicas, etc., causadoras de doenças que tem alto custo nos tratamentos; receita de mais de uma centena de imóveis do fundo de reservas do IPE, transferidos ao Estado, aperfeiçoamento dos planos complementares como PAC PAMES, contratualização de convênios com autarquias profissionais.
 

Ficou acordado que as entidades continuarão pressionando cada decisão e não aceitarão aumento de alíquotas e falta de atendimento. A mobilização está em várias frentes. No governo, no parlamento, com a pressão direta nos deputados como foi na manhã de hoje com a realização da Audiência Pública e dentro do IPE-Saúde com os Conselheiros Classistas. Além da pressão nas prefeituras no interior e nas denúncias na imprensa. "As entidades não irão ficar descansar enquanto não houver uma solução para a crise no IPE-Saúde", destacou o presidente da Fessergs, Sérgio Arnoud.