ENTIDADES DISCUTEM QUESTÃO DOS CONSIGNADOS DO BANRISUL COM PRESIDENTE DA FAMURS
Data de publicação: 27 Abr 2020

A FESSERGS participou de uma reunião virtual com o presidente da Famurs, Dudu Freire na manhã desta segunda-feira para solicitar apoio para que seja buscada uma solução para a suspensão dos descontos em folha dos empréstimos consignados dos servidores junto ao Banrisul. A videoconferência foi uma iniciativa da CSB/RS - Central dos Sindicatos Brasileiros/ Seccional RS e participaram também a Femergs - Federação dos Municipários do RS, a Amapergs-Sindicato e o Sindispge/RS, representando o MUS RS - Movimento Unificado de Servidores. O presidente nacional da Central Dos Sindicatos Brasileiros - CSB, Antonio Neto foi convidado especial e trouxe contribuições importantes para a condução da questão no RS.
 

Os servidores estão sendo impactados com a negociação oferecida pelo Banrisul que na prática refaz o empréstimo com juros apenas prorrogando o prazo para pagamento e ainda dificulta o acesso para quem está sem margem no contracheque. O servidor que se encontra nesse caso tem que se deslocar até a agência sem a certeza de que irá conseguir prorrogar a dívida. O que as categorias querem é que os consignados sejam suspensos e as parcelas sejam jogadas para pagamento no final do contrato. O presidente Dudu Freire comprometeu-se a intermediar uma agenda de audiência virtual com o governador Eduardo Leite para que essa proposta seja apresentada e informou ainda que recebeu durante a reunião a informação que o Banrisul estendeu a operação aos servidores municipais.
 

O vice-presidente da CSB RS, Vilson Weber, defendeu que seja ajuizada uma ação popular para que sejam suspensos os consignados por quatro meses sem a cobrança de juros adicionais.