OIT: BRASIL MANTIDO NA LISTA SUJA DOS PAÍSES QUE DESCUMPREM CONVENÇÕES INTERNACIONAIS
Data de publicação: 11 Jun 2019

Lamentavelmente, o Brasil volta a integrar, pelo segundo ano consecutivo, a lista dos países que descumprem as convenções internacionais da Organização Internacional do Trabalho, desta vez por infringir a Convenção nº 98 que trata sobre o direito de negociação coletiva e representação sindical.
 
Sérgio Arnoud, vice-presidente da CSB durante a redação do documento das Centrais


Tal demanda foi firmada por todos os membros integrantes da Comissão de Aplicação de Normas, incluídos os trabalhadores, governos e empregadores, apesar das tentativas do governo brasileiro de barrar as denúncias, que foram verificadas localmente pelos especialistas da OIT.

A decisão da OIT, escritório da ONU Organização Das Nações Unidas(ONU), tende a gerar impactos na economia, uma vez que há evidencia de concorrência desleal, com reflexos no preço final dos produtos e serviços, em comparação com os demais 185 Estados-parte da ONU, dado o trabalho degradante com custo menor pelo Brasil que os Estados-parte que cumprem as convenções da OIT. Medidas que, contudo, não têm aumentado os postos de trabalho no Brasil e tendem a ser ampliadas pela proposta do Presidente da República que questiona “se os trabalhadores querem trabalho ou direitos”.

A Central Dos Sindicatos Brasileiros - CSB reafirma sua luta em defesa do Trabalho Decente, com respeito a direitos e o Diálogo Social.

Segue o documento na íntegra: