Coordenação de Servidores Públicos define adesão total à Greve Geral em 14 de Junho
Data de publicação: 5 Jun 2019

Em encontro que reuniu mais de uma dezena de representantes de entidades de trabalhadores públicos, na manhã desta quarta-feira na sede da Fessergs, foi definida adesão total à Greve Geral de 14 de junho. O grupo de dirigentes representando diversas categorias, desde servidores Municipais do RS com a Femergs, saúde - Sindissama, servidores de escolas - Sinfers, servidores do Irga - Sindsirga, Quadro Geral - Sindigeral, Técnicos-Científicos - Sintergs, Servidores da PGE - Sindispge, englobando demais servidores do Estado com a Federação dos Servidores do RS - Fessergs, Central Geral dos Trabalhadores do Brasil - CGTB e Central dos Sindicatos Brasileiros - CSB, se reúne sob a denominação de Coordenação Estadual de Servidores Públicos. Como forma de organização e precaução a Coordenação formulou um ofício que será protocolado comunicando formalmente o Governador Eduardo Leite da adesão à greve e os motivos pelos se somam à mobilização, sendo que os servidores e trabalhadores são alvos preferenciais desta reforma, a qual repudiam veementemente. No documento os dirigentes solicitam “que não seja adotada nenhuma medida punitiva contra servidores e que se garantam a segurança e a integridade física dos trabalhadores e da sociedade”.Segue cópia do ofício.
 

Tatiana Danieli
Jornalista Diplomada - MTB 8781