FESSERGS: UMA HISTÓRIA DE LUTAS
Data de publicação: 31 Jan 2012
A FESSERGS foi fundada em nove de maio de 1990, por um pequeno, mas determinado grupo de sindicalistas que se reuniu para criar um instrumento de trabalho conjunto, para lutar em defesa dos servidores públicos estaduais. Fiel aos seus objetivos iniciais, a entidade sempre manteve uma conduta independente, isenta, combativa e comprometida unicamente com as reivindicações dos servidores públicos gaúchos. Isto, sem perder de vista a qualidade dos serviços públicos prestados à sociedade.

Nestes 25 anos, sucederam-se seis governadores, representando os mais diversos partidos políticos ou coligações partidárias, mas nossa luta foi sempre leal e permanente.

A FESSERGS foi uma experiência nova, eis que até a Constituição de 1988, os servidores não podiam organizar-se em sindicatos. Uma experiência que se constrói e se consolida a cada dia.

Vencemos diversos tabus, sendo que o mais antigo era aquele em que "sindicato é só pra lutar". Ao contrário, Sindicato e Federação precisam estar sempre ao lado de seus filiados, lutando, quando é preciso, mas procurando ocupar todos os espaços.

Esta filosofia de trabalho foi implantada desde a primeira diretoria, presidida por Paulo Olympio, e é mantida até hoje, uma vez que a FESSERGS se tornou referência tanto para a categoria, como para a sociedade e governos.

Desta forma, os governantes do nosso Estado, Jair Soares, Alceu Collares, Pedro Simon, Sinval Guazzelli, Antônio Britto, Olívio Dutra, Germano Rigotto, Yeda Crusius, Tarso Genro sempre encontraram a FESSERGS na luta. Da mesma maneira, continuamos agora, com José Ivo Sartori. Na luta, mas com respeito e independência.

Imprensa/Fessergs

t

o

p